Bem-vindo
Ligue: (21) 2551-1032

O que é hipnose? Definição e mitos.

A Hipnose é imaginação guiada: o hipnotizador ou a própria pessoa (na auto-hipnose) atua como guia para uma experiência, vista como uma fantasia.

A Hipnose é um estado de consciência alterado natural. A pessoa entra no estado hipnótico, um estado diferente do estado “normal” através de um processo natural.

Hipnose é um estado relaxado com maior receptividade a sugestões. A pessoa entra num estado de grande relaxamento físico e mental e fica mais responsiva a sugestões.

Em outras palavras, Hipnose é “imaginação acreditada.”

O estado de transe hipnótico facilita uma atenção modificada e  concentrada que  permite ao sujeito a se engajar em novas maneiras de pensar e experimentar novas possibilidades.

A Hipnose e a Hipnoterapia  são maneiras de induzir e guiar uma pessoa no estado
de transe para ajudá-la a sair do feitiço de transes negativos aprendidos ao longo da vida,
principalmente na infância.

Milton Erickson  afirmava que o transe em si tem efeito curativo: “Acreditamos que a indução e a manutenção do transe terapêutico proporcionam um estado psicológico especial no qual o paciente é capaz de reassociar e reorganizar a sua experiência interna de tal modo que a terapia provenha de uma ressíntese interna do seu próprio comportamento.”

Quando se usa a hipnose para tratar um problema físico ou psicológico, chamamos o processo de hipnose clínica ou de hipnoterapia. A hipnose pode ser definida como um estado alterado de consciência ou percepção. Em termos simples, a hipnose é um estado de profundo relaxamento no qual o consciente e o inconsciente do paciente podem ser focalizados para ficarem mais receptivos à sugestão terapêutica.

Quase todo mundo já experimentou alguma forma de hipnose em algum momento da sua vida. Pense numa vez em que você dirigia em uma estrada e se pegou, por um breve momento, inconsciente daquilo que estava fazendo, ou uma vez em que estava tão envolvido em um programa de televisão que nem se deu conta quando alguém entrou na sala. Na verdade, toda hipnose é auto-hipnose e o paciente está sempre no controle. Não há nada a temer, porque a hipnose é um processo completamente seguro quando é usada profissionalmente. O relaxamento que você vai experimentar será agradável e regenerador.

 

Alguns mitos também são dados à hipnose, entre eles:

 

Perda da consciência

Um dos maiores mitos sobre hipnose é que você perderá a consciência. A hipnose é um estado alterado de consciência, porém não se perde a consciência. Você ficará ciente de tudo em cada momento e ouvirá tudo que o hipnólogo estiver dizendo.

 

 

Enfraquece a vontade

A sua vontade não se enfraquecerá ou mudará de forma alguma. Você está no controle e, se desejar por qualquer razão sair do estado hipnótico, pode fazer isso simplesmente abrindo os olhos. Você não pode ser forçado a fazer nada contra a sua vontade. Os hipnotistas de palco gostam de que a plateia acredite que eles têm o controle absoluto sobre os seus sujeitos. O profissional deixa claro que o paciente tem o controle.

 

 

 

 

Fala espontânea

O paciente não começa, espontaneamente, a falar ou revelar informações que gostaria de manter em segredo. Você pode falar durante a hipnose e seu hipnólogo pode querer usar uma técnica que inclui conversa para ajudá-lo em seu problema.

 

 

 

 

Acaba-se dormindo

hipnose não é igual ao sono. Você não vai dormir. O padrão do eletroencefalograma durante a hipnose é diferente do padrão do eletroencefalograma durante o sono.